ATIVIDADE FÍSICA

Fatores como força, equilíbrio, caminhada normalizada e ausência de dor deverão ser levados em consideração para o retorno da atividade esportiva. Vale lembrar que é importante aguardar liberação médica para qualquer atividade após a cirurgia.

As atividades físicas leves podem ser iniciadas em torno de 8 semanas, como: caminhada, hidroterapia e bicicleta estacionária. Modalidades de alto impacto, contato e giro são contraindicadas pelo risco de luxação e soltura da prótese. Outras atividades consideradas seguras são: Pilates, musculação, esteira, natação, elíptico, dança, tênis em dupla, dentre outras. Atividades mais vigorosas são permitidas em torno do sexto mês, mas devem ser discutidas caso a caso.

É importante lembrar-se das precauções, mesmo após voltar à vida normal e atividades que realizava antes da operação. Retorne de forma gradual e dê tempo para seu corpo adaptar-se aos novos estímulos.

Figura que demonstra flexão máxima de quadril permitida em atividade física: 90 graus. Na piscina, o lado operado deve ser utilizado depois da subida no primeiro degrau.

Share This