Fêmur

O fêmur é o mais longo e o mais forte osso do corpo humano, constituindo mais de ¼ da altura do indivíduo. O motivo disso é a necessidade da biomecânica adequada para a marcha e a sua força para agüentar a contração muscular fortíssima e também o peso corporal. Apresenta um corpo e duas extremidades expandidas: a extremidade perto do quadril possui uma cabeça, um colo (sinônimo de pescoço, lembrar da palavra colar, como a jóia que adorna o pescoço) e um grande e um pequeno trocanter. Essas formas anatômicas servem para a inserção e origem de diversos músculos. (Figura 1)
Na outra extremidade, perto do joelho, o fêmur alarga-se e dá contorno ao joelho, os chamados côndilos femorais. (Figura 1)

Administrador_24112009_135324

Clique na imagem para ampliar

Quando essas formas fogem do padrão, podem ocorrer conflitos entre um osso e outro, por exemplo no caso do impacto fêmoro-acetabular, que hoje sabe-se ser causa de desgaste articular do quadril (artrose), que é tratado em outro tópico separadamente.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrEmail this to someone
Share This